Pesquisar neste blog

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

20 (..............................................................................)

     


    

      Escrevo.
      Apenas para preencher estas linhas.
      Mas escrevo.
      Porém ao fazer isso, penso em quem as estará lendo.
      Certamente, este alguém vira à procura de algo significante.
      Algo que lhe cause risos, empatia, interesse ou uma emoção qualquer.
      Contudo, minhas palavras frias não trazem nenhum consolo.

      Trazem algo melhor. Inovador.
      Ou seria pior? Transgressor?
 
      Elas trazem apenas o vazio.





      De que serve toda a filosofia de botequim?
      Deixe aqui todos os seus desejos. Suas emoções.
      Seus medos. Sofrimentos.
      O melhor que posso oferecer é isto.








      Vazio.









      Deposite nele o que não lhe serve mais.
      Aquele entulho na sua estante.
      Encha-o com o desnecessário, com o vago.
      Encha-o. Nem que seja com mais vazio.
      Por mais que ele não dê uma resposta...








      Ao menos estará ouvindo.


Angelus.

20 comentários:

  1. Gostei mt do blog, pois amo versos, poesias, textos. Sempre me interessei bastante pela leitura, é gostoso de ver um blog cheios de versos, ou melhor é prazeroso vir aqui e ler coisas que levem a reflexão. Estou te seguindo aqui, beijos. Se puder fazer o mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Serio,adorei o texto do post. Achei bem dramatico,eu acho que senti o mesmo ao ler. Parabéns. Seguindo o blog
    http://gaarotadalua.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Penso que todos nós precisamos de um vazio, um lugar espaçoso onde podemos, como você disse, depositar o que não serve mais. Aí, a nossa alma estará ansiando por bondades, por qualquer coisa que venha trazer paz, alegria e verdade. E eu posso dizer, aqui, a minha encontra isso! Belíssimo. Adorei!
    Com carinho, Wanda.

    ResponderExcluir
  4. Criativo o seu texto...GOSTEI!!! Parabéns pelo blog!!

    ResponderExcluir
  5. Aaaaaaaaaaaaaaaaaaangelinho!

    Aplausos! Fantastico!
    Filosofias de botequim foi ótimo :p

    Bjuuuuuuus

    ResponderExcluir
  6. Lindo, parabéns. Consegues prender minha atenção com esses textos, maravilhoso.
    Beijos

    Participe do nosso primeiro sorteio.
    http://apaixonadasporcosmeticos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Escrever é isso, esvaziar a alma de tudo o que há nela e saber que nunca ela vai ser completamente "vazia", e por isso contuamos escrevendo, escrevendo... e por estranho que pareça sempre haverá quem se identifique com o que escrevemos e "beba" de nossas palavras, assim como bebemos as de outros também.

    ResponderExcluir
  8. Muito bom, acho que essa é a grande solução pros males da humanidade, as pessoas andam muito cheias de muitas coisas e na maioria das vezes o vazio se faz nesessario para que possamos nos encontrar.
    Curti muito o texto grande abraço

    ResponderExcluir
  9. Esta sensação é capaz de dominar alma... confundir... Inspirar!

    O trecho do "Vazio" foi esplendoroso!

    ;D

    ResponderExcluir
  10. Muito bom! A construção estética ficou ótima!
    Às vezes nos parece realmente que o vazio é tudo que nos resta, mas se encararmos o vazio como o espaço livre a ser preenchido com o que quisermos, ele não é tão ruim, né?

    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Obrigada por esse presente, rs. Deixar nesse vazio medos e sofrimentos passados, que eu não sei o que eles ainda estão fazendo aqui...
    pra poder me encher de coisas boas agora :)
    Adorei.

    ResponderExcluir
  12. Boa noite, amigo

    Passando para te agradecer e dizer que seja bem vindo ao Yehi Or.

    Temos novidades e esperamos a sua participação.

    Deus esteja contigo.

    abraços renovado e tenha uma boa noite.

    ResponderExcluir
  13. Boa noite, Amigo

    Eu sou o miguel do Yehi Or, só que agora, estou comentando e seguindo com o meu blog pessoal. Gostei e voltei para seguir e ler com calma o seu post.

    Nesse espaço vazio eu deixo uma tristeza que nunca saiu de mim, que está aqui dentro do meu coração todos os dias. Deixo mil lembranças que me causam essa tristeza.

    Um abraço e obrigado por compartilhar esse espaço.

    Deus seja contigo.

    Aguardo sua visita lá no Fragmentos.

    ResponderExcluir
  14. o vazio é o principio, o principio é o vazio, o equilibrado é o vazio, e o vazio é o mais proximo do perfeito, que alias não é perfeito por estar vazio.

    Postagem nova aguarda seu veredito. Aparece !

    ResponderExcluir
  15. Gostei de ter lido o post..."ao menos estará ouvindo"
    Mas é preciso um pouco de coragem pra deixar registrado o seu vazio!

    Obrigada por visitar meu blog e...se desejar, segue também!
    Beijo e ótima semana!

    ResponderExcluir
  16. Todos nós um dia nos sentimos vazios,isso é preciso pra que nós venhamos a se desenvolver.Solidão em determinadas ocasiões é melhor que companias...

    ResponderExcluir
  17. O vazio deste post me truxe serenidade logo no inicio da manha. obrigado.
    continue visitando:
    blogestarcomvoce.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oi, Angelo

    Gostei do seu blog.
    Te encontrei no Blog do meu amigo Wilson Miguel.
    Seguindo, ok?

    Beijão!

    Aguardo sua visita.

    Tenha um ótimo dia.

    ResponderExcluir
  19. V nunca esteve tão preenchido quando escreveu o vazio.
    Parabéns,lindo!
    Um bom dia pra vc,moço

    ResponderExcluir
  20. Bom, meu caro, você pode ter certeza de uma coisa: suas palavras nunca serão vazias tampouco ficariam perdidas em algum espaço solitário de papel, seja esse de celulose ou digital. Entendo que quando escrevemos é para preencher algum vazio dentro de nós, talvez um inimigo invisível que nos atormenta em noites sem sono. No entanto, creio que isso não exista pois sempre estamos pensando em algo assim como sempre atribuímos significado para aquilo que escrevemos e lemos. É algo inevitável até e fora de nosso controle.

    grande abraço, até a próxima.

    ResponderExcluir

Seja muito bem vindo! Sua opinião pessoal sobre o post é muito importante.