Pesquisar neste blog

sábado, 14 de maio de 2011

6 Aeromoça

     

     Ultimamente, ele passou a olhar mais para o céu.
     A cada avião que surgia, seu coração acelerava, ansiando por voar ao seu encontro.
     Será que ela está lá?, pensava.
     Imaginava-a em seu belo uniforme. O sorriso lindo a lhe iluminar a face.
     Isso o alegrava e entristecia.
     Ela alçara voo.
     Sem paradeiro.
     Ele permaneceu aqui.
     Entretanto, sentia-se motivado.
     A cada viagem, ela acumulava uma experiência nova na bagagem. Por isso, enquanto sua amada desbravava os céus, ele, em terra firme, também seguiria em frente.
     Conquistaria suas próprias experiências, venceria suas próprias lutas. Assim, teria o que compartilhar ao seu regresso.
     Mas enquanto este dia não chegava, sempre que podia, ele parava e vislumbrava o firmamento...
     Simplesmente olhando as nuvens.

Angelus.

6 comentários:

  1. lindo texto ^^

    ja estou seguindo se quiser pode seguir tbm
    abç...

    ResponderExcluir
  2. bem...

    suave o texto

    ;]

    http://oarlecrim.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Tem um desafio lá no meu blog pra vcs!
    Passa lá!

    http://ocotidianodecadadia.blogspot.com/

    Até

    ResponderExcluir
  4. Isso é que é estar nas nuvens! No sentido mais literário, o pensamento lá. Mt legal!

    ResponderExcluir
  5. Ah! que bonito, inspira esperança!
    Parabéns muito bom, bom mesmo!

    http://rayrapha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Gosto bastante da referência, praticamente uma metáfora mas feita de forma bem poética e simples, sobre estar nas nuvens. Ela está no céu voando mas quem está nas nuvens é quem fica no chão com o pensamento no céu. Na verdade, para o coração assim como para nossa imaginação o limite é o céu. Diria que é maior ainda, os limites são as estrelas, o universo, etc...

    Mas, no importa se você está no avião ou em um ônibus. De certo modo, estamos todos voando em nossa própria viagem chamada de jornada pessoal. É nela que vivemos as nossas experiências que, por sua vez, moldam nosso jeito de ser a cada passo.

    ResponderExcluir

Seja muito bem vindo! Sua opinião pessoal sobre o post é muito importante.