Pesquisar neste blog

quinta-feira, 28 de abril de 2011

3 (Não pensei num título)

     

     Neste momento estou deixando as palavras falarem por mim. Deixei-me sentar diante de um caderno velho e esperar que as sentenças viessem até mim por acaso. Esta espera já foi suficiente para preencher algumas linhas.
     Mas é extremamente difícil. O pensamento é mais rápido que minha mão e as palavras vão se perdendo. Luto duplamente: primeiro para segurá-las e, segundo, para estabelecer algum nexo entre elas.
     Recuso-me a modificar qualquer coisa. Isso seria uma trapaça a esta experiência. Vamos ver o que sai. Enquanto escrevo isto, minha mente está mais além, já pensando no que pensaria quem lesse esse relato desconexo. Outro ponto falho.
     Será que escrever é igual a meditar? Você precisa se concentrar. Mas não dá para fazer tal coisa idealizando louros futuros. Deve ser por isso que muitas empreitadas mínguam.
     Pausa.
     “Faça isso por você!”, digo a mim mesmo. É isso o que eu quero.
     Será mesmo? Então por que você está lendo isso?
     Note que parto do pressuposto de que realmente alguém está lendo. Mesmo enquanto isto está num pedaço de papel com letras mal desenhadas.
     Agora as linhas da página estão chegando ao fim. Parece bem menor numa tela LCD...
     Já divaguei, devaneei demais. Se é na solidão que as verdadeiras obras surgem, eu sou um caso à parte.
     Chego à conclusão que queria ao me questionar o que acontece quando você se deixa levar pelo lápis.
     É isso: muitas linhas cheias de vazio.

Angelus.

3 comentários:

  1. Linhas de um vazio cheio, talvez... rs!
    O futuro é esse seu vazio cheio... continue lotando páginas! Elas representam esse vazio como mais nada... E isso me lembra a minha última poesia:

    http://ocotidianodecadadia.blogspot.com/

    Até

    ResponderExcluir
  2. Gostei do jeito que escrevi, das palavras, de como conduz. Parabééns! Bjo ;)

    ResponderExcluir
  3. cara to te seguindo... gosto dos blogs que tem a ver com o que eu escrevo. acho que os caras que escrevem deveriam ter uma espécie de comunidade para se falar e trocar idéias. to disposto. no segundo blog tem alguma coisa de poesia e arte... pelo menos eu considero.
    valeu

    http://maiseducacaocleonicebragafonseca.blogspot.com/
    e
    http://euachoqueusimplesmentenaosei.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Seja muito bem vindo! Sua opinião pessoal sobre o post é muito importante.